Saúde e bem-estar com intolerância à lactose

O que fazer numa crise de intolerância à lactose: 5 dicas

Se são intolerantes à lactose, não será necessário explicar-vos as consequências que o consumo de alimentos com leite e seus derivados pode ter para o vosso organismo. Dependendo de vários fatores (como a quantidade máxima de lactose que cada pessoa consegue tolerar ou o tipo de alimento ingerido, por exemplo), o organismo de uma pessoa com dificuldades em digerir o açúcar natural do leite, isto é, a lactose, poderá manifestar, com maior ou menor intensidade, sintomas como dor e/ou distensão abdominal, flatulência (gases), diarreia, náuseas, vómitos e, em casos menos frequentes, obstipação.1

Estes sintomas duram o tempo que a lactose não digerida permanece no nosso sistema digestivo, não se prolongando, geralmente, por mais de 48 horas.2 De qualquer forma, quando eles surgem, tudo o que queremos é aliviá-los e repor o equilíbrio da nossa microbiota intestinal o mais rapidamente possível.

Deste modo, para vos elucidar sobre o que fazer numa crise de intolerância à lactose, deixamo-vos 5 dicas que podem ajudar, da próxima vez que – intencionalmente ou não – a lactose fizer parte de uma refeição e conduzir à manifestação de sintomas de intolerância.

5 dicas para aliviar os sintomas de intolerância à lactose

Uma crise de intolerância à lactose não é igual para todos os indivíduos intolerantes e, mesmo numa mesma pessoa, os sintomas apresentados após o consumo de produtos lácteos (puros ou incluídos, como ingrediente, nalgum outro alimento) podem diferir de uma crise para outra.1 Assim, apresentamos cinco formas de aliviar os sintomas de intolerância à lactose, para que, da próxima vez que eles surjam e dependendo daqueles que se manifestarem, saibam o que fazer.

1. Evitar completamente os laticínios

Como sabemos, não existe tratamento para a intolerância à lactose, sendo a única solução satisfatória para conviver com ela a redução ou eliminação dos alimentos com lactose da nossa dieta.3 Assim, quando os sintomas surgem – e mesmo que o nosso organismo consiga, geralmente, tolerar uma certa quantidade de lactose (ou alguns laticínios específicos), sem manifestar sintomas – a melhor solução é mesmo evitar por completo alimentos com lactose, para que os sintomas não se agravem.4

2. Mantermo-nos hidratados

Sobretudo quando a ingestão de lactose nos provoca diarreia, o risco de desidratação aumenta, uma vez que este sintoma agrava a quantidade diária de fluidos que perdemos. Assim, durante uma crise de intolerância a lactose, é aconselhável beber, pelo menos, 10 copos de água (ou chás ligeiros) por dia.5 Em caso de flatulência, os chás de hortelã-pimenta e de camomila também podem ajudar no alívio.6

3. Seguir a dieta BRAT

BRAT é a sigla inglesa para banana, rice, apples, toast (bananas, arroz, maçãs e torradas), ou seja, aqueles alimentos que muitas pessoas estão habituadas a comer quando têm diarreia. De facto, estes alimentos devem ser ingeridos em caso de desequilíbrio intestinal (como acontece numa crise de intolerância à lactose), uma vez que não são agressivos para o sistema digestivo, além de terem uma função aglutinante, isto é, ajudarem a dar uma forma saudável às fezes.7

4. Praticar exercício físico de intensidade leve

Quando a lactose permanece indigerida no nosso organismo, não raro, a nossa zona abdominal apresenta-se inchada. Por isso, uma das melhores formas para aliviar o inchaço abdominal, contribuindo para a eliminação dos gases que a estão a provocar, é a prática de exercício físico. Atividades ligeiras, como uma caminhada ou um passeio de bicicleta, podem ajudar quando a lactose nos está a provocar gases e, consequentemente, inchaço na barriga.1,8

5. Reequilibrar a microbiota intestinal

O nosso cólon, que é responsável pela fermentação dos hidratos de carbono e das proteínas, aloja milhões de microorganismos (como bactérias e fungos), cujo equilíbrio é essencial para a nossa saúde e bem-estar. Quando o nosso intestino delgado não produz enzima lactase suficiente para digerir a lactose (dividindo-a em glicose e galactose), esta passa diretamente para o cólon, onde é fermentada. Deste modo, a modulação da microbiota intestinal através da toma de suplementos que contenham probióticos, prebióticos ou ambos (ou seja, simbióticos) poderá apresentar benefícios para a digestão da lactose e consequente alívio dos sintomas de intolerância.9

Neste sentido, em caso de crise de intolerância à lactose, aconselhamos a consulta de um médico ou farmacêutico, que poderão aconselhar-nos relativamente aos benefícios destes suplementos no nosso caso concreto. Nenhum suplemento alimentar deve ser tomado sem o aconselhamento prévio de um profissional de saúde.

Referências

  1. Primeras preguntas [Internet]. No Lactosa: Asociación de intolerantes a la lactosa España. [citado 29 de Janeiro de 2021]. Disponível em: https://lactosa.org/la-intolerancia/primeras-preguntas/
  2. Sethi S. How Long Do Lactose Intolerance Symptoms Last? [Internet]. Healthline. 2020 [citado 8 de Julho de 2021]. Disponível em: https://www.healthline.com/health/how-long-do-lactose-intolerance-symptoms-last
  3. Scientific Opinion on lactose thresholds in lactose intolerance and galactosaemia. EFSA Journal [Internet]. 2010 [citado 29 de Janeiro de 2021];8(9):1777. Disponível em: https://efsa.onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.2903/j.efsa.2010.1777
  4. Wong C, Yepuri JN. Treatments and Remedies for Lactose Intolerance [Internet]. Verywell Health. 2021 [citado 11 de Março de 2022]. Disponível em: https://www.verywellhealth.com/natural-remedies-for-lactose-intolerance-89286
  5. King JE. Mayo Clinic on Digestive Health. Mayo Clinic; 2000. 208 p.
  6. DerSarkissian C. How to Treat Stomach Pain in Adults [Internet]. WebMD. [citado 2 de Fevereiro de 2022]. Disponível em: https://www.webmd.com/first-aid/abdominal-pain-in-adults-treatment
  7. Jones J, Gotter A. What to Eat When You Have Diarrhea: Foods to Eat and Avoid [Internet]. Healthline. 2021 [citado 2 de Fevereiro de 2022]. Disponível em: https://www.healthline.com/health/what-to-eat-when-you-have-diarrhea
  8. Mandl E, Palladino A. 12 Great Ways to Get Rid of Bloating [Internet]. Healthline. 2021 [citado 2 de Fevereiro de 2022]. Disponível em: https://www.healthline.com/nutrition/proven-ways-to-reduce-bloating
  9. He T, Venema K, Priebe MG, Welling GW, Brummer R-JM, Vonk RJ. The role of colonic metabolism in lactose intolerance. European Journal of Clinical Investigation [Internet]. Agosto de 2008 [citado 2 de Fevereiro de 2022];38(8):541–7. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1365-2362.2008.01966.x